Estudo da Alupar – ALUP11 – Investimento em Ações!

Olá galera, hoje resolvi investigar um pouco mais a empresa Alupar, disponibilizada na bolsa de valores, o ticker da ação é ALUP11. Vou tentar averiguar o máximo possível sobre a empresa para conhecer suas atividades, ver como ela ganha dinheiro e muito mais…

O estudo vai ser focado em dados fundamentalistas e no funcionamento da empresa como um todo. Lembrando que o estudo é focado na possibilidade de se tornar sócio da empresa para o longo prazo, não interessando o preço e oscilações de curto prazo, mas a qualidade da ação.

A intenção não é uma análise perfeita, mas sim a possibilidade de conhecermos um pouco mais sobre a empresa para analisar se vale a pena investir nela, se desejamos ser sócios e entender um pouco mais sobre o case dela e do setor.

estudo investimento açoes alupar

Sobre a Alupar – Alup11 – Perspectivas Gerais

A Alupar é na verdade uma holding que controla várias empresas no Brasil, Colômbia e Peru. Essas empresas, localizadas principalmente no Brasil, se dividem entre geradoras de energia elétrica e transmissoras.

A empresa era uma holding privada, fundada em 2007 e que fez o seu IPO em abril de 2013, disponibilizando no mercado as suas ações no formato de UNIT – cada ALUP11 comprada é constituída por 1 ON e 2 PN.

 

No segmento de transmissão de energia elétrica, é a maior do Brasil de controle estritamente privado segundo as informações do RI. Atualmente a empresa possui 28 concessões de sistemas de transmissão.

Além dos sistemas de transmissão, a Alupar possui também as geradoras de energia, que são 9 usinas hidrelétricas e 1 complexo eólico.

Segue abaixo um mapa disponibilizado pelo RI que nos mostra a localização das geradoras e linhas de transmissão da empresa.

localizações ativos alupar

Dos 38 ativos da empresa, apenas 25 estão em funcionamento, os outros 13 estão sendo implementados com a previsão de entrarem em operação nos próximos 5 anos.

Segue abaixo as outras imagens disponibilizadas pelo RI da empresa com a capacidade atual e previsão futura das geradoras e transmissoras.

Geradoras Alupar

Transmissoras Alupar

As imagens são interessantes para ver a evolução passada e futura da empresa, e como vemos pelas imagens os investimentos maiores parecem ser nas transmissoras que vão ter um aumento significativo nos quilômetros.

É interessante o case da empresa pelo fato de que temos diversificação dentro da própria empresa em relação a localização dos ativos que são divididos em diferentes regiões do Brasil e da América Latina. Também temos a diversificação entre geradoras e transmissoras.

Um lado um pouco negativo é uma certa dependência e influência muito grande do governo, porém diferente das concorrentes, por ser uma empresa privada ela parece ter uma gestão melhor, com mais capacidade de avaliar quando o investimento é interessante ou não.

Os Balanços da Alupar – Alup11

Analisando os balanços da empresa podemos verificar uma situação bem saudável:

  • Margens bem altas
  • Lucros líquidos e geração de caixa crescentes
  • Dívida*

A dívida é um dos aspectos que me preocupava antes de fazer esse estudo da empresa mas hoje já fico bem mais tranquilo ao olhar pra ela. O auge da dívida líquida foi em 2015, nos últimos dois anos ela veio baixando e está bem controlada.

O ponto chave aqui é que a empresa tem uma previsibilidade das receitas e uma geração de caixa muito forte, que permite manter uma dívida um pouco mais elevada e trabalhar alavancada. É claro que é preciso ficar sempre de olho e ver se a dívida não fica exagerada, mas hoje (Novembro de 2017) ela está muito tranquila em relação ao EBITDA, lucro líquido e FCL/CAPEX da empresa.

  • Dividendos

O Estatuto da empresa prevê o pagamento mínimo de 50% dos lucros em dividendos.

Em uma entrevista com o coordenador do RI da empresa ele fala sobre esse case de crescimento e dividendos que a empresa consegue fazer, é bem interessante, vou disponibilizar no fim do artigo para quem se interessar.

Perguntas ao RI:

Aqui vou disponibilizar algumas perguntas que quero fazer ao RI e assim que obtiver uma resposta eu a colocarei aqui também.

De maneira geral, quais são as perspectivas de investimentos futuros da empresa? A maior parte dos ativos hoje estão localizados no Brasil, no futuro a empresa pretende investir mais em ativos no exterior ou no Brasil mesmo? E em relação a transmissoras x geradoras existe um foco ou a empresa vai continuar visando ambas as opções?

 

Prós das ações da Alupar – ALUP11

*Dados retirados diretamente do site do ri da empresa

  • Forte geração de caixa e previsibilidade de receita.
  •  Os contratos de concessão de transmissão com duração de 30 anos e com fluxo estável de receitas que permite sustentar os investimentos futuros e os dividendos.
  • As receitas de transmissão não dependem do volume de energia elétrica transmitido em sua rede e são reajustadas anualmente, com base na inflação.
  • A administração tem mais de 20 anos de experiência nos projetos de infraestrutura do setor de energia.
  • A Alupar realiza investimentos em pesquisa e desenvolvimento.

Principais fatores de Risco da Alupar:

  • Fator Governo que ainda é muito influente no setor de energia elétrica.
  • As geradoras hidrelétricas dependem do volume das chuvas.
  • Ficar de olho na dívida líquida.

Para conhecer mais a empresa:

 Site do RI:

http://ri.alupar.com.br/

O site do RI é muito bom, oferece muita informação, é bem organizado, mais um ponto positivo para somar à empresa que aparentemente valoriza os seus sócios minoritários.

Entrevista com Luiz Coimbra – Coordenador do RI:

Fatores interessantes da entrevista:

  • Diversificação dentro da empresa
  • Previsibilidade dos rendimentos futuros
  • DNA de engenharia
  • Case de crescimento + dividendos
  • Possibilidade de escolha dos investimentos
  • Transmissoras são blindadas por conta do RAP – Receita anual permitida

Vídeo Institucional da empresa:

Vídeo Institucional, mais simples porém interessante para conhecere alguns ativos da empresa.

*Nos vídeos fiquei curioso em relação a tal linha de transmissão no Chile que já não aparece entre os ativos atuais da empresa, joguei no google e vi que a Alupar era sócia junto com a CEMIG da linha de transmissão. Aparentemente a Cemig resolveu vender por conta da sua dívida enorme e a Alupar vendeu junto as suas ações.

Conclusão da Alupar – ALUP11

Confesso que não esperava sair tão positivo do estudo da Alupar. As ações ALUP11 me surpreenderam com seus aspectos positivos, com destaque para a forte geração de caixa e elo fato de ser uma holding privada, que ao meu ver permite que ela analise melhor os seus investimentos por conta do interesse dos majoritários.

 

Deixe uma resposta