Quanto do meu Salário eu devo Poupar para Investir? – Descubra Já!

Quando estamos iniciando no mundo dos investimentos e aprendendo um pouco mais sobre educação financeira, uma das primeiras questões que costumam invadir nossa cabeça é a aquela velha dúvida: “Quanto do meu salário eu devo investir? 10% é o suficiente?“.

Por isso hoje vou abordar essa questão e tentar explicar tudo que você precisa saber, vamos lá!

Quanto do meu salário eu preciso poupar?

Quando eu comecei a ler os primeiros livros sobre educação financeira, me deparei com aquela famosa regrinha que você também deve ter na cabeça. Ela é muito simples e perfeita para iniciantes:

Assim que você receber o seu salário, separe 10% para se pagar em primeiro lugar.

Essa regra é ideal para os iniciantes pois não exige muito esforço e é relativamente fácil de ser colocada em prática por quem nunca pensou na possibilidade de investir seu dinheiro. Temos uma cultura extremamente consumista no Brasil, onde todo mundo quer parecer rico, mas ninguém sabe como seguir o processo para ser rico.

A maioria das pessoas possuem dívidas e no melhor dos casos gastam todo seu salário rapidamente e passam o resto do mês esperando o próximo pagamento. Então, se você cresceu cercado por essa cultura, contraiu dívidas ou nunca economizou 1 centavo, a culpa não é sua. Porém agora você tem acesso a um mundo novo que te abre as portas para uma vida muito melhor e mais tranquila, o mundo dos investimentos financeiros.

Se você é um dos milhões de brasileiros que ainda tem pouco conhecimento sobre o assunto, a regra dos 10% é perfeita para você começar a implementar esse hábito na sua vida. Porém, se você já conhece o conceito de independência financeira, já vem investindo parte do seu dinheiro e economiza os 10% com facilidade, está na hora de dar um passo a mais na sua jornada…

Economizar 10% do salário é suficiente?

Eu não estou aqui para dizer se a porcentagem que você consegue economizar é suficiente ou não. O mais importante é manter seus aportes constantes, investindo todos os meses a maior quantia possível. Só com isso, você já está a frente da maior parte da população brasileira e tem garantido, no mínimo, um pouco mais de tranquilidade.

Mas se você pretende se tornar um independente financeiro o quanto antes, se aposentando antes dos sessenta e poucos anos e sem depender do nosso maravilhoso governo, é preciso poupar um pouco mais que apenas 10% dos seus ganhos. Afinal, vale lembrar:

O tamanho do seu aporte é a principal chave para alcançar a Independência Financeira!

Ou seja, quanto maior a porcentagem do seu salário você investir, e quanto menos dinheiro você gasta, mais rápido você vai alcançar a liberdade de não precisar mais trabalhar e então se dedicar aquelas atividades e projetos que você ama.

O Mr. Money Mustache, um dos maiores nomes quando falamos em independência financeira, explica isso tudo muito bem neste artigo. Lá ele fala de maneira bem simples, que o tamanho do nosso aporte vai depender de dois fatores:

A quantia de dinheiro que embolsamos por ano

A quantia de dinheiro que precisamos para viver

Então, tudo que é preciso é trabalhar com essas duas variáveis de maneiras opostas, tentando maximizar nossos ganhos e diminuir os nossos custos, sobrando cada vez mais dinheiro para aportar nos nossos investimentos garantimos uma independência financeira mais rápida.

No mesmo post ele deixa essa tabela, que é muito interessante, pois mostra em quantos anos poderemos nos aposentar conforme a nossa “taxa de poupança”.

quanto poupar do salário

Existe uma porcentagem ideal do salário para virar Investimentos?

A verdade é que como praticamente todas as perguntas relacionadas a finanças, não existe uma resposta concreta que vá te responder quanto do seu salário você deve poupar para investir. Tudo vai depender e variar conforme o caso.

Em certas situações precisamos deixar de fazer nossos investimentos financeiros por conta de algum investimento em educação ou alguma necessidade da família, então o importante é ter bom senso e saber aproveitar os momentos que temos um pouco mais de folga financeira para aumentar os aportes e não gastar todo dinheiro como se não houvesse amanhã.

Na minha vida, a independência financeira é um dos meus principais objetivos, por isso me esforço para conseguir investir boa parte do meu salário e estudar o assunto. Agora, você pode simplesmente querer acumular um patrimônio para viver mais tranquilo na velhice, então não há necessidade de economizar tanto assim e pode se permitir gastar um pouco mais.

Quais são os seus objetivos?

O importante é analisar quais são os seus desejos pessoais, o que realmente acende aquele fogo na sua alma, e se dedicar a isso no seu tempo livre, sem abrir mão de suas responsabilidades.

Se assim como eu, você é apaixonado por investimentos e pela possibilidade de conseguir viver com a renda de seus ativos um dia, é preciso se esforçar para aumentar seus ganhos no futuro sem elevar o seu padrão de vida à níveis absurdos, lembrando sempre das duas variáveis que irão determinar o tempo que você vai levar para alcançar a IF.

O grande objetivo desse artigo não é impor uma lei que vá determinar qual a porcentagem do seu salário que você deve investir, mas te mostrar que quanto maior o seu aporte e quanto menor forem seus custos de vida, mais rápido você atingirá o momento onde seus rendimentos serão mais que suficientes para te sustentar.

Espero que esse post tenha te ajudado a encontrar uma resposta para essa dúvida, e só pra dar aquela cutucada e não te deixar sair daqui sem um incentivo para você se esforçar mais com seus investimentos, seguem algumas dicas:

Sinais de que você pode poupar mais e aumentar seus aportes:

  • Suas metas de investimento são facilmente atingidas

É muito legal colocar algumas metas, visando aumentar e manter seus aportes em um nível legal, que representem um desafio.

Mas lembre-se que o importante é colocar as metas na quantia que você aporta e não no patrimônio que pode variar por milhares de motivos que não importam para nós, que investimos visando o longo prazo.

  • Você ainda mora com seus pais

Esse é um dos fatores que mais nos ajudam a manter o nosso percentual de poupança alto, eu ainda moro com minha mãe e portanto tenho os custos de vida bem reduzidos, a minha mãe é professora e também não ganha muito, por isso eu ajudo a pagar as contas de casa mas mesmo assim, gasto muito menos do que se morasse sozinho.

Se você ainda é jovem, mora com seus pais e não tem praticamente nenhum custo, aproveite essa fase da sua vida e ao invés de gastar tudo na balada, separe uma boa parte do seu salário e aplique em investimentos de valor. Tenho certeza que você irá agradecer daqui uns anos.

Por que Investir Enquanto Ainda é Jovem?

  • Você gasta mais com itens supérfluos do que com necessidades básicas

Existem algumas despesas que são mais complicadas para diminuirmos, como os gastos com água, luz, gás, etc.

Mas se suas maiores despesas são com itens supérfluos que você coloca no cartão de crédito e no fim do mês nem lembra mais o que é, isso é um ótimo sinal de que você tem um potencial enorme para aumentar sua taxa de poupança. Faça um planejamento e ao invés de aumentar suas despesas com mais uma porcaria, compre um ativo que irá trabalhar por você.

  • Compulsão de compras

Eis que toco o dedo na minha própria ferida, lidar com compulsões sempre é algo difícil, independente de sua natureza. Atualmente com internet, supermercados, shoppings, é muito fácil ter acesso a milhares de opções que não teríamos em tempos passados e isso acaba muitas vezes ativando nossos desejos e instintos.

Então, o importante é você se observar e sempre se perguntar várias vezes antes de fazer qualquer compra. Por mais difícil que isso seja, eu confesso que tenho um problema sério com a Amazon e sua opção de comprar com 1 clique hehehe.

  • Não prepara sua própria comida

Se você não sabe cozinhar ou não tem costume de preparar sua própria comida, eu garanto que você está deixando passar uma oportunidade enorme de aumentar os seus aportes. Eu sei que é tentador e muito mais fácil abusar dos restaurantes, mas experimente sair da zona de conforto e começar a cozinhar em casa.

Esse hábito irá te poupar muito dinheiro, trazer muito mais saúde e ainda adicionar mais uma habilidade essencial na vida humana desde a pré-história.

 

Gostou do artigo? Se sim, não deixe de comentar o que você pensa e compartilhar com aquele seu amigo que vive endividado e pedindo dinheiro emprestado! Um abraço e até mais!

 

Summary
Review Date
Reviewed Item
Quanto do meu Salário eu devo Poupar para Investir? - Descubra Já!
Author Rating
51star1star1star1star1star

Deixe uma resposta